Mestrado – Desenvolvimento e Sociedade » Uniarp

Mestrado em Desenvolvimento e Sociedade

A UNIARP oferece o PPGDS – Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Sociedade para quem deseja seguir carreira no mestrado.

Dúvidas?

Contato

(49) 3561-6288
mestrado@uniarp.edu.br

Atendimento

Manhã: 08h00 às 12h00
(seg. a sexta)

Tarde: 13h00 às 17h00
(seg. a sexta)

AVISO

O programa PPGDS abre vagas anualmente, fique atento para o próximo período e verifique as sessões “Processo Seletivo” e “Documentos” para se manter sempre atualizado!

Apresentação

O Mestrado em Desenvolvimento e Sociedade (PPGDS) objetiva a formação ética de profissionais com visão interdisciplinar e elevado nível acadêmico, comprometidos com o desenvolvimento regional sustentável e com a qualidade da vida humana individual e associada, para atuarem, tanto no desempenho de funções diretivas em organizações públicas e privadas, como também no ensino, extensão e pesquisa em instituições educacionais dos diversos níveis de formação.

O PPGDS busca formar profissionais com perfil para o desenvolvimento de pesquisa científica, inovações tecnológicas e aplicação e viabilização de tecnologias e práticas que garantam, de maneira sustentável, o desenvolvimento da sociedade em que está inserido. Este profissional será estimulado e deverá ser capaz de desenvolver e potencializar suas habilidades e competências para contribuir no desenvolvimento econômico de macro e microrregiões com este perfil socioeconômico e produtivo. É importante mencionar que as ações do PPGDS são voltadas à formação e conscientização dos discentes, enquanto alunos do Programa, da sua importância como agentes de transformação social, destacando suas responsabilidades no desenvolvimento gradativo na sociedade, tanto regional como nacional.

Considerando a natureza interdisciplinar no estudo relacionado com o desenvolvimento regional, ao término do curso de mestrado, o egresso estará capacitado para atuar como extensionista, pesquisador e/ou docente com habilidade para identificar, refletir e propor soluções de problemas relacionados aos diferentes tipos organizacionais. Espera-se que após a titulação, o Mestre em Desenvolvimento e Sociedade possa ampliar suas possibilidades de inserção no mercado de trabalho e progressão de carreira, e, com responsabilidade, ética e atitude interdisciplinar, atuando no desenvolvimento regional e na melhoria de vida das pessoas.

Área de concentração

Interdisciplinar

Nome do Curso

Desenvolvimento e Sociedade

Missão

Promover a formação de profissionais comprometidos com a pesquisa com intervenção e o desenvolvimento da sociedade, forma inovadora, humanizada e sustentável.

Público alvo: portadores de diploma de ensino superior, outorgados por Instituições de Ensino Superior, oficialmente reconhecidas.

Objetivos

–  Formar docentes pesquisadores, tanto na educação básica, quanto no ensino superior, fundamentados na concepção interdisciplinar das ciências;

 – Preparar gestores para o exercício de funções diretivas e consultivas para atuar em instituições associativas (organizações da sociedade civil), públicas ou privadas, influenciadoras do processo de desenvolvimento catarinense;

 – Desenvolver competência empreendedora com visão interdisciplinar e comprometimento com a problemática do desenvolvimento socioeconômico da região;

 –  Realizar estudos, pesquisas e propostas de ações voltadas para o desenvolvimento social e econômico, em geral e, da região do Vale do Rio do Peixe, em particular;

 – Identificar, analisar e buscar solucionar os problemas decorrentes do desenvolvimento;

 – Formar e liderar grupos e/ou equipes de trabalho para elaborar e implementar programas e projetos de desenvolvimento de natureza associativa.

Regulamentação

Recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Portaria nº 1041/2016 – Pub DOU de 12/09/2016.

Formação

Matriz Curricular:

  • Disciplinas de créditos obrigatórios básicos
  • Fundamentos do Trabalho Científico
    Créditos: 1.5
  • Metodologia da Pesquisa
    Créditos: 1.5
  • Teorias e Processos do Desenvolvimento
    Créditos: 3
  • Interdisciplinaridade no ensino e na pesquisa
    Créditos: 3
  • Ciência e Sociedade
    Créditos: 3
  • Dissertação
    Créditos: 3
  • Seminários Integrados de Pesquisa
    Créditos: 3
  • Disciplinas de créditos obrigatórios por linha de pesquisa:
  • Linha de Pesquisa 1 – Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade:
  • Desenvolvimento Rural e Sociedade
    Créditos: 3
  • Inovação e empreendedorismo
    Créditos: 3
  • Linha de Pesquisa 2 – Sociedade, Cidadania e Segurança:
  • Saúde, Sociedade e Desenvolvimento
    Créditos: 3
  • Sociedade, Sustentabilidade e Direitos Sociais
    Créditos: 3
  • Disciplinas de créditos optativos:
  • Teorias da Gestão Organizacional
    Créditos: 3
  • Metodologia do ensino superior
    Créditos: 3
  • Ética e Cidadania
    Créditos: 3
  • Tópicos Especiais em Gestão do Conhecimento
    Créditos: 3
  • Qualidade de Vida na Sociedade e no Trabalho
    Créditos: 3
  • Saúde e Bem Estar nas Organizações
    Créditos: 3
  • Teorias Decoloniais
    Créditos: 3
  • Métodos Qualitativos
    Créditos: 3
  • Métodos Quantitativos
    Créditos: 3
  • Internacionalização de negócios e pessoas
    Créditos: 3
  • Tópicos Especiais em Problemas Regionais
    Créditos: 3
  • Ciência, Tecnologia e Inovação
    Créditos: 3
  • Poluentes Emergentes, implicações ambientais e na saúde humana
    Créditos: 3
  • *podem ser ofertadas outras disciplinas optativas

Processo Seletivo

A seleção dos candidatos ao PPGDS/UNIARP ocorre no segundo semestre de cada ano letivo, por meio do processo definido no seu Regimento:

Art. 23º O processo de seleção do PPGDS será conduzido por uma comissão formada por três professores permanentes, indicados pelo(a) Coordenador(a) e homologados pelo Colegiado do PPGDS, e seguirá Edital específico. Parágrafo único – O número de vagas para a admissão de novos discentes será estabelecido anualmente pelo Colegiado do PPGDS, tendo como parâmetro a capacidade de orientação dos seus professores.

 Art. 24º Só poderão ser admitidos no PPGDS candidatos selecionados portadores de Diploma de curso de nível superior de duração plena, autorizados pelo MEC, ou de Cursos correspondentes fornecidos por instituição de outro país desde que validados no Brasil. O período de inscrição é previsto em edital publicado durante o segundo semestre letivo.

Confira todos os editais e documentos do curso aqui:​

Linhas e Projetos de Pesquisa

O PPGDS conta com 2 linhas de pesquisas:

Linha de Pesquisa 1 – Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade 

Esta linha de pesquisa analisa o desenvolvimento regional catarinense na perspectiva do desenvolvimento organizacional sustentável. Na perspectiva organizacional, preocupa-se com os diferentes modelos organizacionais que contemplem as questões de desenvolvimento sustentável, envolvendo os setores públicos, privados e terceiro setor. Compreende estudos sobre desempenho e dinâmica organizacional, responsabilidade socioambiental, inovação, gestão de negócios e cadeias produtivas. 

À luz do enfoque interdisciplinar, a dinâmica organizacional sustentável se constitui em alternativa de viabilização de grupos com fins e objetivos comuns, para superar ou transformar a participação individual em estruturas coletivas formais. Considerando a crescente mudança de práticas e capacidades organizacionais sustentáveis, a construção de alternativas que fortaleçam esta dinâmica organizacional promove o desenvolvimento regional, estadual e nacional. Assim, esta linha de pesquisa focaliza no papel e na influência dos modelos organizacionais sustentáveis no desenvolvimento sócio-político-econômico-cultural regional catarinense. 

Fatores como estrutura, organização, ambiente e mercado, desempenho e representatividade em instituições, direcionam estudos e pesquisas visando estimular os processos produtivos na região do Alto Vale do Rio do Peixe. A questão organizacional sustentável, envolvendo os diferentes modelos institucionais será o foco predominante de estudos para consolidar o conhecimento que promovam o processo de desenvolvimento no contexto regional de Santa Catarina. 

A abordagem dos temas teóricos se concentra nos estudos conceituais necessários à compreensão dos problemas sócio familiares e ocupacionais, ambientais, crescimento, produtividade e competitividade que as organizações enfrentam no desenvolvimento local, regional ou nacional. 

*Projetos de pesquisas vinculados à linha 1: 1) Avaliação, desempenho e impactos socioeconômicos da educação superior; 2) Desenvolvimento Regional Sustentável; 3) Desenvolvimento Social, Inovação e Gestão Empresarial e Suas Interfaces com Estratégia e Mercado; 4) Gestão, Agronegócios e Desenvolvimento. 

Linha de Pesquisa 2 – Sociedade, Cidadania e Segurança 

A noção de desenvolvimento nesta linha de pesquisa é analisada à luz dos conceitos de cidadania e segurança. Compreende-se a cidadania como conceito que expressa a pertença do indivíduo à sociedade, sendo esta a expressão da organização humana que dá origem ao Estado. O Estado deve garantir ao indivíduo as possibilidades de exercício pleno de sua cidadania, na medida em que lhe assegura os direitos fundamentais previsto sumariamente na declaração universal dos direitos humanos sob o aspecto individual e coletivo. Nesta perspectiva, a segurança é compreendida como um constructo de atividades orientadas à cultura de paz e proteção do cidadão, as quais, são objeto de investigação nesta linha de pesquisa sob múltiplas perspectivas, especialmente a da sustentabilidade. A natureza complexa da problemática exige abordagem interdisciplinar, destacando-se abordagens e interfaces a partir dos campos do Direito, da Filosofia, da Sociologia, da Educação e da Administração. Nesse sentido, diferentes Órgãos, Instituições e Empresas constituem-se em campo fértil de investigação, na medida em que são responsáveis por oferecer estímulos ativos para que os cidadãos possam conviver em harmonia, trabalhar, produzir e se divertir, livres de riscos a que possam estar expostos. Norteiam essa linha de pesquisa os princípios de Dignidade da Pessoa Humana, da Aproximação e Participação Comunitária, da Legalidade, da Moralidade, da Preparação Profissional, do Pluralismo Organizacional, da Separação de Poderes, do Uso Progressivo da Força, da Transparência, da Responsabilidade, do Emprego da Inteligência à Prevenção do Risco e da Paz Social. 

*Projetos de pesquisas vinculados a linha 3: 1) A contribuição do associativismo para a sustentabilidade ambiental, econômica e social: análise da experiência brasileira e estrangeira; 2) Segurança, Conhecimento, Sustentabilidade e Formação Cidadã para o Século XXI; 3) Ética e Cidadania na sociedade em mudança; 4) Direitos Humanos, Democracia e Sustentabilidade. 

Grupos e Redes de Pesquisa

GIES – Grupo Interdisciplinar de Estudos em Saúde

O GIES tem como objetivo desenvolver pesquisas relacionado a saúde e a qualidade de vida da população, buscando informações sobre os principais determinantes à saúde e investigando em grupos distintos, como idosos, diabéticos, professores, profissionais da saúde pública, quais seriam estes fatores que determinam a saúde e a qualidade de vida desses grupos. Além disso, investiga e analisa políticas públicas que promovam a saúde e melhorem a qualidade de vida, principalmente da região do meio oeste de SC.

Coordenador: Ricelli Endrigo Ruppel da Rocha
Contato: ricelliendrigo@yahoo.com.br


GPECS – Ética, Cidadania e Sustentabilidade

A socialização tem influência decisiva na vida das pessoas, pois ela contribui para a sedimentação de comportamentos em forma de hábitos, predispondo-as a agirem duradouramente de determinado modo. Nesse sentido, não há como optar entre educar ou não em valores, o que se pode é refletir sobre quais valores se pretende fomentar. Como há implicações éticas relacionadas à validade dos valores que se almeja, a reflexão sobre a temática não pode ser adiada. Parte-se do pressuposto, de que o não-fomento de um hábito é a consolidação do seu oposto. Tendo a compreensão de que o ser humano é um ser essencialmente social e a cidadania ser o conceito que expressa a pertença da pessoa à vida humana associada, o objetivo do grupo de pesquisa consiste no desenvolvimento de análises de cunho sociológico e filosófico a respeito dos valores na sociedade contemporânea, em especial a sustentabilidade, com vistas ao fomento da cidadania.

Líder: Joel Haroldo Baade
BLOG: gpecsuniarp.blogspot.com.br/
Contato: baadejoel@gmail.com


GECID – Conhecimento, Inovação e Desenvolvimento

As atividades do grupo contribui para desenvolver estudos estratégicos interdisciplinares no âmbito urbano e rural. Promove o uso da informação e da gestão do conhecimento para o desenvolvimento das organizações. Compreende pesquisas que buscam fomentar estudos interdisciplinares sobre o empreendedorismo e inovação para o desenvolvimento das pessoas e das organizações.

Desenvolvimento Social, Inovação e Gestão

O Grupo de Pesquisa Desenvolvimento Social, Inovação e Gestão se destina a promover pesquisas básicas e aplicadas sobre o desenvolvimento social, a inovação e a gestão em suas amplas interfaces. Busca levantar os principais problemas e propor soluções para o desenvolvimento regional e das organizações. O foco dos estudos envolverá os setores de produção de transformação, principalmente de energia, infraestrutura e agronegócio. Envolverá também a promoção de desenvolvimento por meio da Educação Básica e Superior.

Líderes: Dr.ª Ivanete Schneider Hahn / Dr.ª Rosana Claudio Silva Ogoshi
Contato: ivanete@uniarp.edu.br / rosana.ogoshi@uniarp.edu.br

Documentos


Orientações

As orientações das pesquisas são realizadas a partir do ingresso no PPGDS/UNIARP. Além das orientações individuais realizadas presencial e remotamente, as pesquisas também são acompanhadas na Atividade Prática dos Grupos de Pesquisa – APGP. Para o processo de orientação são consideradas indicações do Regimento:

Art. 31º. São atribuições do orientador:
I- Acompanhar, permanentemente, os trabalhos, o desempenho e o progresso do estudante em seus estudos;
II- Dar consentimento para matrículas em disciplinas e outras atividades do PPGEB;
III- Estimular e orientar a participação em seminários e eventos (internos e externos), cursos e atividades planejadas conforme cronograma de trabalhos;
IV- Incentivar o encaminhamento de resumos e trabalhos completos para eventos;
V- Promover contatos com pesquisadores de outras instituições e trabalhos de coautoria.
VI- Solicitar a constituição das Comissões examinadoras para o Trabalho de Conclusão.

Art. 32º Mudança de orientação poderá ser requerida pelo aluno ou pelo orientador, mediante solicitação formal dirigida ao Colegiado, com justificativa anexada.
I- O Colegiado poderá convocar as partes envolvidas para esclarecimentos.

Art. 33º Em casos de impedimento de orientação, temporária ou definitiva, ficará a critério do Colegiado a indicação de um orientador substituto ou demais encaminhamentos.


Proficiência

Para o exame de proficiência observa-se o previsto no §6º do Artigo 15, do Regimento:

§ 6º A proficiência em Língua Estrangeira deverá ser demonstrada em 01 (uma) das seguintes línguas: espanhol, inglês, francês, alemão e italiano. A proficiência é obrigatória, mas a ela não é atribuído créditos.

I – O exame de proficiência em língua estrangeira constará de interpretação e/ou tradução de texto científico, estando vetada a língua materna do discente e o português para os discentes estrangeiros.

II – O exame de proficiência será realizado após o ingresso do discente, no prazo de até 3 (três) semestres do início do curso. 11

III – O exame de proficiência poderá ser realizado pelo Curso de Letras da UNIARP ou por outra Instituição devidamente credenciada.

Contato:
mestrado@uniarp.edu.br


Validação de créditos

De acordo com Art. 15º, a estrutura curricular do PPGDS da UNIARP compreende as seguintes atividades:
I – Créditos obrigatórios básicos;
II – Créditos obrigatórias por Linha de Pesquisa;
III – Créditos optativos por Linhas de Pesquisa;
IV – Seminários de Pesquisa
V- Trabalho de Conclusão de Curso;
VI – Proficiência em Língua Estrangeira.

§ 1º Os créditos obrigatórios básicos serão compostos por 4 (quatro) disciplinas de 3 (três) 9 créditos, totalizando 12 (doze) créditos que têm a finalidade de apresentar um conjunto de conhecimentos básicos aos estudantes, por meio de estudos essenciais à compreensão de temas de interesse do PPGDS, propiciando um adequado espectro epistemológico que sirva para amparar e aprofundar estudos sobre diferentes temas relacionados ao desenvolvimento social.

§ 2º Os créditos obrigatórios por “Linha de Pesquisa” são compostos de 2 (duas) disciplinas de 3 (três) créditos, totalizando 6 (seis) créditos que, associados aos créditos “Obrigatórios Básicos”, formam um conjunto básico – e interdisciplinar – de conhecimentos, ao lado de competências e habilidades necessárias à consecução do projeto de pesquisa. Somando-se as disciplinas obrigatórias básicas com as disciplinas por linha de pesquisa resulta um total de 18 (dezoito) créditos obrigatórios.

§ 3º Os créditos optativos por linha de pesquisa são compostos por disciplinas com temas que se destinam a desenvolver estudos relacionados à elaboração do trabalho final do PPGDS, objeto da pesquisa, bem como para complementar tópicos ou tópicos especiais não contemplados nas disciplinas curriculares obrigatórias e que são de interesse do estudante. Desse conjunto, o estudante deverá cursar um mínimo de 2 (duas) disciplinas, perfazendo um total de 6 (seis) créditos.

Egressos

Confira a lista de egressos em nosso Portal do Egresso.

Eventos

 II Seminário Internacional Interdisciplinar sobre Desenvolvimento e Sociedade

O Mestrado Interdisciplinar em Desenvolvimento e Sociedade da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP), realizará entre os dias 08 a 10 de junho o II Seminário Internacional Interdisciplinar sobre o desenvolvimento e sociedade: O Imperativo da Sustentabilidade. O evento é uma realização da UNIARP juntamente com a FAPESC.

O evento conta ainda com parceria com o Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUC/PR, Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica da UNIVALI e Programa de Pós-graduação em Direito das Migrações Transnacionais.

Mestrandos e doutorandos podem submeter artigos científicos, sendo que as apresentações serão online, com publicações de anais do evento. A inscrição como participante, incluindo a submissão dos artigos, são gratuitas e devem ser realizadas até o dia 30 de maio de 2022.

Clique aqui para realizar a submissão 

O II Seminário Internacional Interdisciplinar sobre Desenvolvimento e Sociedade, será espaço de discussão de elevado nível acadêmico, pautado no desenvolvimento sustentável no âmbito da vida humana individual e associada, em organizações públicas e privadas, refletindo sobre os desafios em múltiplos contextos.

O seminário será presencial com transmissão no youtube.

Clique aqui para acessar os Links das Apresentações dia 10/06

Programação

Repositório de Dissertações

Acesse o nosso Acervo Digital para ter acesso as dissertações dos nossos alunos.

Integração com a Educação Básica

Integração com a Graduação

Internacionalização

Corpo Docente

O corpo docente é composto por doutores com formações acadêmicas e atuações variadas garantindo a interdisciplinaridade das atividades de pesquisa, extensão e ensino realizadas no Programa, bem como, no processo formativo dos discentes.  

Docente Permanente
Doutorado
Linha de Pesquisa/Temas de pesquisa no PPGDS
Dr. Adelcio Machado dos Santos
Engenharia e Gestão do Conhecimento – UFSC
Sociedade, Cidadania e Segurança/Temas: Segurança, Conhecimento, Sustentabilidade e Formação Cidadã
Dr. Anderson Antônio Mattos Martins
Engenharia e Gestão do Conhecimento – UFSC
Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade/ Temas: Educação, educação a distância, educação profissional, competências, empreendedorismo e avaliação da educação superior
Dra. Claudriana Locatelli
Farmácia -UFSC
Qualidade de Vida e Desenvolvimento/ Temas: Saúde, ocupação e qualidade de vida; determinantes ambientais e sociais que interferem no estado saúde e doença
Dra. Cristine Vanz Borges
Agronomia – UNESP
Qualidade de Vida e Desenvolvimento/ Temas: Saúde, ocupação e qualidade de vida; determinantes ambientais e sociais que interferem no estado saúde e doença
Dra. Eliana Rezende Adami
Farmacologia – UFPR
Qualidade de Vida e Desenvolvimento/ Temas: Saúde, ocupação e qualidade de vida; determinantes ambientais e sociais que interferem no estado saúde e doença
Dra. Ivanete Schneider Hahn
Administração – UFSM
Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade/Temas: Estratégia em organizações, competitividade, negócios internacionais, empreendedorismo, marketing, marketing e sociedade e inovação.
Dr. Joel Cezar Bonin
Filosofia – Puc-PR
Sociedade, Cidadania e Segurança/Temas: Educação, filosofia, sociologia, antropologia, sustentabilidade, ética, cidadania e política.
Dr. Joel Haroldo Baade
Teologia -Est
Sociedade, Cidadania e Segurança/ Temas: Ética, Cidadania e Sustentabilidade.
Dr. Levi Hülse
Ciencia Jurídica – UNIVALI
Sociedade, Cidadania e Segurança/ Temas: Direito Empresarial, Direito Constitucional, Direito Civil, Associativismo, Terceiro Setor e Sustentabilidade
Dr. Lincon Bordignon Somensi
Ciências Farmacêuticas – UNIVALI
Qualidade de Vida e Desenvolvimento/Temas: Uso popular de plantas medicinais como fonte de sustentabilidade de uma sociedade, Úlcera gástrica, Qualidade de vida com exercício físico e Stress oxidativo.
Dr. Mauricio Andrade de Lima
Engenharia de Produção – UFSC
Qualidade de Vida e Desenvolvimento/ Temas: Desenvolvimento sócio econômico; Universidade e sustentabilidade; Desenvolvimento sustentável e Qualidade de Vida; Educação e bem-estar social;
Dr. Ricelli Endrigo Ruppel da Rocha
Ciências Biomédicas – UFC
Qualidade de Vida e Desenvolvimento/Temas: Fisiologia do exercício aplicado à saúde e ao desempenho físico, epidemiologia com ênfase nos fatores determinantes a saúde e qualidade de vida no trabalho.
Dra. Rosana Claudio Silva Ogoshi
Zootecnia – UFLA
Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade/temas interesse: Agricultura familiar, empreendedorismo, inovação e desenvolvimento regional.

Bolsas

Confira as bolsas disponíveis Aqui.

Coordenação

Coordenador(a): 

Dr. Levi Hülse

Email: levi@uniarp.edu.br

“Ficou com alguma dúvida? Converse com a gente!”

Biblioteca

A UNIARP tem um acervo com mais de 45 mil títulos disponíveis.

Guia da Cidade

Você é acadêmico e chegou agora na cidade? Conheça mais sobre Caçador!

Tour 360

Conheça parte da nossa estrutura com o nosso tour virtual!

Programa de Valorização da Vida

Espaço pensado para possibilitar o acesso aos conteúdos da Psicologia.

Diretório Central dos Estudantes

Adquira sua carteirinha estudantil para garantir benefícios.

Calendário Acadêmico

Fique por dentro de todas as datas e eventos importantes.

Biblioteca

A UNIARP tem um acervo com mais de 45 mil títulos disponíveis.