Custo da Cesta Básica em Fraiburgo mantém-se estável em novembro » Uniarp

19.12.22

Custo da Cesta Básica em Fraiburgo mantém-se estável em novembro

Em pesquisa contínua realizada pelo Curso de Administração da Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP) levantou-se o custo de alimentos essenciais no mês de novembro de 2022 em Fraiburgo. A pesquisa afere o custo de 13 itens tais como açúcar, arroz, banana, batata, café, carne, farinha de trigo, feijão, leite, manteiga, óleo de soja, pão francês e tomate em quantidade definida pelo Decreto-Lei 399/1938.

Para o mês de novembro o custo da Cesta Básica foi de R$ 600,09, ou seja, um aumento de 0,97% em relação ao mês anterior, representando para os fraiburguenses uma parcela de 49,51% do salário-mínimo vigente, tendo como salário-mínimo necessário, segundo metodologia do DIEESE, o valor de R$ 5.041,36 para atender as necessidades de uma família composta por dois adultos e duas crianças.

Entre os itens que mais impactaram no custo da Cesta Básica destacaram-se a carne bovina (42,08%), o tomate (13,46%) e o pão francês (11,46%). Já entre aqueles que menos impactaram destacaram-se a farinha de trigo (0,90%), o óleo de soja (1,41%) e o arroz (1,80%).

Os dados apontam ainda que houve uma variação significativa em alguns itens entre os supermercados pesquisados. Entre os itens que apresentaram maior variação destacaram-se o leite (66,87%), o feijão (25,05%) e a banana (14,33%). Já a variação média da cesta básica, entre os supermercados pesquisados, foi de 0,45%.

Em relação ao mês anterior, os itens que apresentaram maior elevação de preço foram o tomate (24,03%), o feijão (12,08%) e o óleo (10,40%). Já entre os itens que apresentaram maior queda de preço destacaram-se a banana (-36,30%), a batata (-26,55%) e a manteiga (-5,09%).

Desde janeiro de 2022 o percentual de aumento acumulado para a cesta básica em Fraiburgo é de 14,02%. O tomate, por exemplo, é o item com maior variação percentual acumulada até o momento (140,02%), seguido do pão francês (31,50%) e do leite (29,91%).

A pesquisa realizada pela UNIARP, com recursos do Fundo de Apoio à Pesquisa (FAP) e coordenada pelo professor Leandro Hupalo, adota metodologia similar à Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) que é aplicada em diversas capitais do país, com algumas adaptações para o município integrante desta pesquisa.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Escrito por:

Imprensa Uniarp

Notícias

Leia mais notícias relacionadas

Biblioteca

A UNIARP tem um acervo com mais de 45 mil títulos disponíveis.

Guia da Cidade

Você é acadêmico e chegou agora na cidade? Conheça mais sobre Caçador!

Tour 360

Conheça parte da nossa estrutura com o nosso tour virtual!

Programa de Valorização da Vida

Espaço pensado para possibilitar o acesso aos conteúdos da Psicologia.

Diretório Central dos Estudantes

Adquira sua carteirinha estudantil para garantir benefícios.

Calendário Acadêmico

Fique por dentro de todas as datas e eventos importantes.

Biblioteca

A UNIARP tem um acervo com mais de 45 mil títulos disponíveis.