PPGEB Uniarp no 1º Congresso Internacional de História Pública em Buenos Aires » Uniarp

29.05.23

PPGEB Uniarp no 1º Congresso Internacional de História Pública em Buenos Aires

Entre os dias 22 e 24 de maio de 2023, aconteceu nas dependências da UNQ- Universidade Nacional de Quilmes, em Buenos Aires-Argentina, o 1º Congresso Internacional de História Pública. Na ocasião, o mestrando Marcos Bolincenha, do PPGEB (Programa de Pós-Graduação em Educação Básica) se fez presente.

Segundo o mestrando, no Congresso compareceram importantes nomes internacionais, como o professor Phd Thomas Cauvin, da Universidade de Luxemburgo, a professora Phd Jimena Perry, da Iona University e ainda autoridades brasileiras em História pública, como a professora Dra. Juniele Rabêlo de Almeida, da Universidade Federal Fluminense (UFF), e o professor Dr. Michel Kobelinski. da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

O Congresso contou com importantes conferências, bem como com apresentações culturais e mesas de apresentação de trabalhos. Dentre os diversos debates que se colocaram em questão, os mais importantes foram aqueles relacionados à relação entre memória e espaços públicos. Além disso, muitas discussões versaram sobre os rumos e desafios da história pública na América Latina. Um dos momentos de grande importância e comoção no evento foi a inauguração do espaço “Madres y Abuelas de Plaza de Mayo”, importante movimento de resistência contra a ditadura militar argentina.

“Pude participar de uma mesa de trabalhos, chamada de Historias en el espacio público: crear, comunicar e interactuar, na qual apresentei parte de minhas pesquisas em relação aos monumentos, os usos do passado realizados através deles e de que maneira eles podem ser úteis no ensino da História”, afirmou Marcos.

Ainda segundo ele, a experiência foi muito proveitosa e interessante, bem como o contato com pesquisadores, alunos e professores de diversas partes do mundo, que trouxeram uma visão muito ampla sobre as possibilidades daquilo que pode ser feito diferente em nosso país. Outro aspecto importante que foi percebido no evento foi a consciência histórica dos argentinos em relação aos fatos de seu passado, principalmente no que se refere aos eventos traumáticos como aqueles relacionados à ditadura militar argentina.

Segundo Marcos, a memória que ficará do evento será o profundo aprendizado proporcionado pela ocasião, pois pôde notar que as dificuldades inerentes à educação também existam por lá. Assim, compreende que sempre é importante debatê-las com pessoas de diferentes locais, o que favorece uma nova ótica sobre o trabalho docente inerente ao cotidiano escolar e ao mundo vivido pelos estudantes.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Escrito por:

Imprensa Uniarp

Notícias

Leia mais notícias relacionadas

Biblioteca

A UNIARP tem um acervo com mais de 45 mil títulos disponíveis.

Guia da Cidade

Você é acadêmico e chegou agora na cidade? Conheça mais sobre Caçador!

Tour 360

Conheça parte da nossa estrutura com o nosso tour virtual!

Programa de Valorização da Vida

Espaço pensado para possibilitar o acesso aos conteúdos da Psicologia.

Diretório Central dos Estudantes

Adquira sua carteirinha estudantil para garantir benefícios.

Calendário Acadêmico

Fique por dentro de todas as datas e eventos importantes.

Biblioteca

A UNIARP tem um acervo com mais de 45 mil títulos disponíveis.